,

Vocês leram “1º satélite geoestacionário do país passa por testes pré-lançamento” ?

Por acaso vocês leram o artigo intitulado “1º satélite geoestacionário do país passa por testes pré-lançamento” ? Ele pode ser acessado em https://www.noticiasaominuto.com.br/tech/348440/1-satelite-geoestacionario-do-pais-passa-por-teste. Muitos outros artigos similares e divulgações em geral estão espalhando a mesma inverdade não só para toda a sociedade brasileira como para o exterior.

Com o objetivo de colaborar, “um pouquinho bem pouquinho que seja”, para que a mídia passe a “falar a verdade” divulgando os fatos em relação ao tema, publiquei o texto abaixo na página do Facebook “Jose Raimundo Cristovam Nascimento” e também na página “Unisat Telecom”. E enviei mais uma vez para o nosso amigo Sebastião Neto da TELEBRAS. Será muito bom enviar para órgãos de imprensa e para assessorias de comunicação dos diversos órgãos públicos e privados.

“32 ANOS SE PASSARAM e em 21 de Março de 2017 será lançado o SEXTO Satélite Geoestacionário do País, pois na verdade o Primeiro Satélite Geoestacionário Brasileiro, o lendário BRASILSAT A1, foi lançado com sucesso há 32 anos atrás. Foram lançados cinco (5) satélites brasileiros de governos passados na seguinte sequencia: Brasilsat A1 em 08 de Fevereiro de 1985; Brasilsat A2 em 28 de Março de 1986; Brasilsat B1 em 10 de Agosto de 1994; Brasilsat B2 em 28 de março de 1995 e o Brasilsat B3 em 04 de fevereiro de 1998.

Foram Cinco (5) Satélites Geoestacionários Brasileiros de Comunicações Lançados e Operados pela “antiga estatal EMBRATEL desde 08/02/85 entre o Governo do Presidente General Figueiredo e o Governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso.

 

Resumo Cronológico:

* EMBRATEL – Estação Terrena de Comunicações por Satélite – Tanguá – RJ – Inaugurada em 28 de Fevereiro de 1969 com uma benção do Papa Paulo VI transmitida ao vivo diretamente de Roma. A primeira transmissão comercial de TV Via Satélite no Brasil foi o Lançamento da Nave Espacial Apolo IX em 3 de Março de 1969. Logo em seguida, outro fato marcante. A emoção com a transmissão do Homem pisando na Lua em 16 de Julho.

Assim, é fato que já se passaram 47 Anos do início da formação dos primeiros ilustres profissionais brasileiros competentes especializados na área de Comunicações Via Satélite. E que continuou forte nos anos seguintes com muitos cursos de treinamentos especializados no Brasil e no Exterior.

*1970: Graças aos satélites, foi possível assistir “ao vivo” em nosso país, a conquista no México, do Tricampeonato Mundial de Futebol pela Talentosa Seleção Brasileira.

*1974: É iniciada pela EMBRATEL a operação do SBTS – Sistema Brasileiro de Telecomunicações Via Satélite, utilizando transponders alugados da INTELSAT. Com isso se iniciam as primeiras transmissões nacionais de TV Via Satélite para a região Amazônica.

*1982: O Governo brasileiro autorizou a compra, instalação e operação pela EMBRATEL dos seus próprios satélites. E assim, a EMBRATEL, empresa estatal do Sistema TELEBRAS, assinou os contratos para a aquisição e para o lançamento dos 2 primeiros satélites geoestacionários brasileiros de comunicações, o Brasilsat A1 e o Brasilsat A2.
*1984 – É inaugurado o COSS – Centro de Operações do Sistema Satélite da EMBRATEL em Guaratiba – Rio -RJ. É o maior Centro de Controle e Operação de Satélites da América Latina e um grande orgulho para os profissionais brasileiros que contribuíram de alguma forma com os seus esforços. E também para o Brasil e todos os brasileiros desde 1984.

*1985 – Lançamento em 08 de Fevereiro de 1985 do Primeiro Satélite Geoestacionário Brasileiro de Comunicações, o histórico Brasilsat A1 da EMBRATEL. O Brasilsat A1 foi lançado a partir da base de Kourou, na Guiana Francesa, e posicionado em órbita geoestacionária sobre o território brasileiro. Na ocasião, o investimento foi de cerca de US$ 125 milhões. O primeiro satélite e o seu sucessor receberam a designação de Brasilsat A1 e A2, respectivamente, tendo iniciado o chamado Sistema Brasileiro de Telecomunicações por Satélite – SBTS.

*A EMBRATEL, empresa (estatal) do Governo Federal, possuia fortíssimas equipes de engenheiros, técnicos, analistas orbitais e outros profissionais super-especializados que constituiam o famoso Departamento de Comunicações Domésticas via Satélite, conhecido como SAT da EMBRATEL. Tenho muita honra e orgulho de ter feito parte desse Departamento (SAT).

*Lá se vão 32 anos de bastante e valiosíssima experiência de muitos profissionais brasileiros nessa área das comunicações via satélite.

*O lançamento desse Primeiro Satélite Geoestacionário Brasileiro de Comunicações permitiu ao país iniciar a interiorização e em seguida a expansão das telecomunicações em ampla escala no território nacional, o que diminuiu progressivamente a dependência brasileira no aluguel de capacidade de transponders de satélites estrangeiros. Sem dúvida alguma, o ano de 1985 foi um marco para as telecomunicações no Brasil e na América Latina. Lá se vão mais de 31 anos quando a Embratel iniciava com o Brasilsat A1 a operação do SBTS – Sistema Brasileiro de Telecomunicações por Satélites e a primeira rede de satélites domésticos de telecomunicações da América Latina.
*Durante esses mais trinta e um anos e até hoje, a operação, manutenção e expansão tem sido feita exclusivamente por engenheiros, técnicos, astrônomos, analistas e outros profissionais brasileiros.

*1986 – Foi lançado em 28 de Março o Segundo Satélite Geoestacionário Brasileiro de Comunicações, o Brasilsat A2, para complementar o SBTS – Sistema Brasileiro de Telecomunicações Via Satélite. Há quase 31 anos atrás e também operado desde então só por brasileiros da EMBRATEL.

*1987 – Morungaba – SP: Inauguração da Estação Terrena de Comunicações Internacionais via Satélite.
*1994 – Foi lançado no dia 10 de Agosto, o Terceiro Satélite Geoestacionário Brasileiro de Comunicações, o Brasilsat B1, para expandir o SBTS – Sistema Brasileiro de Telecomunicações Via Satélite e também operado desde então só por brasileiros da EMBRATEL.

*1995 – Foi lançado no dia 28 de março de 1995, o Quarto Satélite Geoestacionário Brasileiro de Comunicações, o Brasilsat B2, para expandir o SBTS – Sistema Brasileiro de Telecomunicações Via Satélite e também operado desde então só por brasileiros da EMBRATEL.

*1998 – Foi lançado no dia 04 de fevereiro de 1998, o Quinto Satélite Geoestacionário Brasileiro de Comunicações, o Brasilsat B3, para expandir o SBTS – Sistema Brasileiro de Telecomunicações Via Satélite e também operado desde então só por brasileiros da EMBRATEL. Esse foi o quinto e último satélite ainda de propriedade de governos passados, ou seja, antes da privatização da EMBRATEL.

*1998 – Em 29 de julho, durante o processo de abertura e modernização das telecomunicações brasileiras, a EMBRATEL foi Privatizada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e passou para propriedade da empresa norte-americana MCI World Com.

*2000 – Em 16 de Agosto de 2000 foi lançado o Satélite Brasilsat B4 já após a Privatização da EMBRATEL e então propriedade da MCI World Com.

*14 de novembro de 2007 – Lançamento do Satélite Star One C1. A antiga denominação Brasilsat da Série original de satélites é trocada a partir daqui pela Série Star One (C e D), após constituída esta empresa mexicana como proprietária.”

 

Por: J.R.Cristóvam
Diretor Técnico
UNISAT Consultoria, Engenharia e Treinamento Profissional em Telecomunicações

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 6 =