8/05- RJ- A Evolução da Internet das Coisas na Indústria de Óleo & Gás

A Evolução da Internet das Coisas na Indústria de Óleo & Gás

A produção inteligente é o acesso para a transformação digital. Dispositivos inteligentes conectados abrem novas janelas de visibilidade para os processos. Dados e análises permitem uma tomada de decisões melhor e mais rápida. A conectividade integrada estimula novas colaborações.

Quer saber mais sobre as tendências e novidade para a Indústria de Óleo e Gás? Venha saber dessas novidades e muito mais em nosso evento do dia 08 de maio de 2019.

Data  : 8 Maio 2019  Hora :  08:00 – 17:00
Local : Prodigy Hotel Santos Dumont Airport Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Inscrições 

Participe do Encontro MTECH FAMTUR no Rio em 26/09

Prezados Senhores,

A Embrapii informa que se encontra aberta até o dia 31 de outubro próximo a Chamada Global Stars, lançada no âmbito do Consórcio Eureka, formado por países membros da União Europeia, com vistas ao apoio financeiro de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação entre empresas brasileiras e europeias.  As propostas de parceria podem ser submetidas para projetos em qualquer área tecnológica, sendo necessária a participação de uma Unidade Embrapii, pelo menos uma empresa brasileira e pelo menos uma empresa de um dos países participantes do referido consórcio.

O apoio financeiro da Embrapii segue o mesmo modelo de operação adotado para o desenvolvimento de projetos com empresas brasileiras no país. O modelo de apoio financeiro do lado europeu deverá seguir as normas das respectivas agências financiadoras.

Trata-se, portanto, de oportunidade valiosa de colaboração com empresas internacionais com vistas ao desenvolvimento de processos e produtos inovadores de caráter global. Dessa forma, sugerimos acessar o link abaixo para melhor compreensão da referida Chamada e de como é simples e descomplicado participar.

Para informações adicionais, favor enviar e-mail para:assessoria@embrapii.org.br

Atenciosamente,

Assessoria Internacional EMBRAPII

Futurecom 2018 – São Paulo

O maior e mais importante evento de Tecnologia e Telecomunicações da América Latina.

Dias 15 à 18 de Outubro de 2018.

Para mais informações acesse: www.futurecom.com.br

,

LNCC Petrópolis

Instituição que abriga o mais potente computador da América Latina é o mais eficiente celeiro de pesquisas do Brasil

Sob a aba do Indefectivel chapéu de Santos Dumont, dois contéineres abrigam o supercomputador que leva o nome do pai da aviação anexos ao espaco. três grandes geradores de energia garantem seu funcionameto initerrúpto

Com quantos Pezaflop/s se faz o desenvolvimento científico de um pais? A pergunta não é de fácil resposta e talvez o Ieitor esteja, antes de tudo, se perguntando “mas o que vem a ser isso?” Flop/s é a unidade de medida de operações matemáticas em ponto flutuante por segundo; o termo em questão, Petaflot/s, a capacidade do supercomputador Santos Dumont instalado na sede Petropolis do Laboratorio Nacional de Computação Científica (LNCC), de realizar 1 quatrilhão de operaçóes por segundo. Consinderando-se apenas esta das muitas características surpreendentes da máquina de fabricação francesa. encomendada a empresa ATOS/BULL, que opera aqui desde Janeiro de 2016, já dá para perceber que o Santos Dumont, tido como o mals potente computador da America Latina, é, atualmente, a mais eficiente ferramenta para pesquisas e desenvolvimento de trabalhos Científicos nas mais diversas áreas. No período compreendido entre agosto de 2016 e início de março deste ano, os jobs executados pela maquina chegaram a aproximadamente 200 mil.

Leia a matéria completa baixando o PDF aqui.

Revista: Estações de Itaipava
Texto: Luciana Cardoso
Fotos: Henrique Magro

,

60 Anos da Morte do Marechal Rondon

De origem indígena por parte de seus bisavós maternos (Bororó e Terena) e bisavó paterna (Guará), Rondon tornou-se órfão precocemente, tendo sido criado pelo tio e, depois de sua morte, transferiu-se para o Rio de Janeiro para ingressar na Escola Militar desta cidade, pois além dos estudos serem gratuitos, os alunos da escola recebiam, desde que assentassem praça, soldo de sargento.

Alistou-se no 3º Regimento de Artilharia a Cavalo em 1881. Dentre outros estudos, cursou Matemática e Ciências Físicas e Naturais da Escola Superior de Guerra.

Ainda estudante, teve participação nos movimentos abolicionista e republicano. Foi nomeado chefe do Distrito Telegráfico de Mato Grosso. Foi então designado para a Comissão de Construção da linha telegráfica que ligaria Mato Grosso e Goiás.

O governo republicano tinha preocupação com a região oeste do Brasil, muito isolada dos grandes centros e em regiões de fronteira. Assim decidiu melhorar as comunicações construindo linhas telegráficas para o Centro-Oeste.

Rondon cumpriu essa missão abrindo caminhos, desbravando terras, lançando linhas telegráficas, fazendo mapeamentos do terreno e principalmente estabelecendo relações cordiais com os índios.

Rondon quando jovem, desbravando os ignotos sertões da Amazônia brasileira.
Manteve contato com muitas tribos indígenas, entre elas os Bororo, Nhambiquara, Urupá, Jaru, Karipuna, Ariquemes, Boca Negra, Pacaás Novo, Macuporé, Guaraya, Macurape.

Em 1889, Rondon participou diretamente com Benjamim Constant das articulações que resultaram na proclamação da república brasileira;
Entre 1892 e 1898 ajudou a construir as linhas telegráficas de Mato Grosso a Goiás, entre Cuiabá e o Araguaia, e uma estrada ligando Cuiabá a Goiás;
Entre 1900 e 1906 dirigiu a construção de mais uma linha telegráfica, entre Cuiabá e Corumbá, alcançando as fronteiras do Paraguai e Bolívia;
Em 1906 encontrou as ruínas do Real Forte Príncipe da Beira, a maior relíquia histórica de Rondônia;
Em 1907, no posto de major do Corpo de Engenheiros Militares, foi nomeado chefe da comissão que deveria construir a linha telegráfica de Cuiabá a Santo Antonio do Madeira, a primeira a alcançar a região amazônica, e que foi denominada Comissão Rondon. Seus trabalhos desenvolveram-se de 1907 a 1915. Nesta mesma época estava sendo construída a ferrovia Madeira-Mamoré, que junto com o desbravamento e integração telegráfica de Rondon ajudaram a ocupar a região do atual estado de Rondônia.
Realizou expedições com a comissão Rondon, com o objetivo de explorar a região Amazônica. Em 1910 organizou e passou a dirigir o Serviço de Proteção aos Índios e de maio de 1913 a maio de 1914 realizou mais uma expedição, em conjunto com ex-presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt.

Em setembro de 1913, Rondon foi atingido por uma flecha envenenada dos índios Nhambiquaras.

Sendo salvo pela bandoleira de couro de sua espingarda, ordenou aos seus comandados, porém, que não reagissem e batessem em retirada, demonstrando seu princípio de penetrar no sertão somente com a paz.

Em 1914, com a Comissão Rondon, construiu 372 km de linhas e mais cinco estações telegráficas: Pimenta Bueno, Presidente Hermes, Presidente Pena (depois Vila de Rondônia e atual Ji-Paraná), Jaru e Ariquemes, na área do atual estado de Rondônia. Em 1º de janeiro de 1915, concluiu sua missão com a inauguração da estação telegráfica de Santo Antônio do Madeira.

De 1919 a 1924, foi diretor de Engenharia do Exército. Com a Revolução de 1930, que destituiu Washington Luís e levou Getúlio Vargas ao poder, foi preso.

Em maio de 1956, Juarez Távora escreve: “Esclareço que o fato de haver oposto restrição quanto à oportunidade do empreendimento (linhas telegráficas) do Marechal Rondon, não significava desapreço pelo conjunto de sua obra sertanista – e aí incluo o nobre esforço de catequese leiga de nossos índios — Rondon foi sem dúvida um pioneiro.”

O Meridiano 52 também é uma referência geográfica para a história das comunicações no Brasil. Rondon foi o 2º ser humano a receber em sua homenagem um meridiano em seu nome. Cumpriu missões abrindo caminhos, desbravando terras, lançando linhas telegráficas, fazendo mapeamentos do terreno e principalmente estabelecendo relações cordiais com os índios. Manteve contato com diversos povos indígenas.

Desbravador do interior do país, foi inspiração para criar o SPI (Serviço de Proteção ao Índio). Teve seu primeiro encontro com os índios (alguns hostis, outros escravos de fazendeiros) quando construía as linhas telegráficas que ligaram Goiás a Mato Grosso. Foi o Criador da expressão “Do Oiapoque a Chuí” quando ele foi designado para estender a linha de telégrafo que se estendia nacionalmente.

Foi o mais importante registrador de etnias indígenas do Brasil. Para facilitar o contato com os índios, Rondon e sua equipe se utilizavam de presentes, entregues a eles durante os primeiros encontros. Ele falava várias línguas indígenas, mas em sua equipe encontravam-se outros tradutores. Os contatos eram objeto de relatórios, registrando assim as novas etnias identificadas.

 

Obs: texto extraido o wikipedia

Em Julho, StartUp Weekend Niterói 2017

Venha compartilhar ideias, formar equipes e lançar startups!

O Startup Weekend é um evento que dura 54 horas ao longo de um fim de semana onde empreendedores, desenvolvedores, designers e entusiastas se unem para compartilhar ideias, formar equipes e criar startups. É o maior conjunto de eventos de startups do mundo, com edições realizadas em quase 700 cidades em todos os continentes.

Tudo começa na noite de sexta-feira, com o palco aberto para os participantes compartilharem suas ideias e inspirarem outros a se juntarem a seus times. As mais bem votadas são escolhidas. Durante o sábado e o domingo, os times focam em encontrar um modelo de negócios e criar um produto mínimo viável (MVP), utilizando metodologias e ferramentas como Lean Startup (canvas), Business Model Generation e Desenvolvimento de Clientes. Durante a maior parte do tempo haverá mentores convidados à disposição dos participantes. No domingo, as equipes apresentam o que construíram e recebem feedbacks valiosos de jurados experts. Os melhores são premiados!

Créditos (Banner Image): Fotografia por Aline Dantas

 

Ministério da Cultura lança website para captar inscrição de projetos

Prezados já está no ar o Site do Ministério da Cultura para aqueles que desejam inscrever seus Projetos para pleitearem Patrocínios, no Calendário “Rio de Janeiro a Janeiro”.
Este Projeto é uma Parceria entre o Governo Federal, Estadual e a Prefeitura do Rio de Janeiro.

Poderão ser inscritos Projetos Culturais, Esportivos, de Negócios e outras iniciativas, e todos os Projetos passarão pela avaliação da FGV.

Acesse http://www.riodejaneiroajaneiro.com.br